Aqui a Alma fala mais alto…Seja bem vindo(a)!!!

Sou astróloga e presto consultorias nas áreas terapêutica e esotérica há quase vinte anos. Inspirada e envolvida com a espiritualidade maior, desenvolvo atendimentos com oráculos, energéticos e metafísicos desde muito nova. Embora já tivesse o dom necessário para prestar um serviço de orientação metafísica, busquei cursos sérios nas áreas terapêutica e esotérica, para uma formação técnica profissionalizante, onde me dediquei e estudei com afinco, para lapidar o conhecimento de tudo aquilo que já fazia parte da minha rotina de vida desde tenra idade. Venho de uma família espiritualista e foi o que me deu a base para a compreensão e a sabedoria necessárias para o uso consciente e responsável da minha sensibilidade exacerbada e precoce. Cursei psicologia até o terceiro ano e com o tempo descobri que a parapsicologia e a metafísica estavam mais de acordo com a minha busca. Me formei em Astrologia e em Psicoterapia Floral, me aventurei em diversos cursos e vivências que acrescentaram conhecimento, aprofundamento e sabedoria a minha prática profissional. Depois de tantos anos me especializando nesta área através de experiência adquirida em consultório e na vida, ofereço meus conhecimentos para orientação e auxílio daqueles que precisam de um direcionamento e esclarecimento em seus processos pessoais, exercendo eticamente meu trabalho com amor, dedicação e discrição. utilizando-me das ferramentas como a astrologia terapêutica, o tarô orientativo, a psicoterapia floral, reiki, alinhamento de chacras, radiestesia, aconselhamento metafísico, e outras terapias complementares vibracionais, propondo e promovendo o equilíbrio harmônico entre corpo, mente e espírito a nível multidimensional.

Vamos caminhar juntos rumo a eternidade e perfeição do Espírito em plenitude terrena. Estar no mundo e não ser do mundo, eis o segredo da bem-aventurança.

Feliz jornada!

Eu Sou

Valeska de Gracia




O UNIVERSO CONSPIRA AO NOSSO FAVOR

21/03/2014

CANÇÃO DA BRUXA




A Canção da Bruxa

Que eu seja como a que tece o pano na floresta, profundamente escondida.
Que eu possa fazer o meu trabalho sem interrupção.
Que eu seja uma exilada, se este é o sacrifício.
Que eu conheça a procissão sazonada do meu espírito e do meu corpo, e possa celebrar os quartos em cruz, solstícios e equinócios.
Que cada Lua Cheia me encontre a olhar para cima, nas árvores desenhadas no céu luminoso.
Que eu possa acariciar flores selvagens, cobri-las com as mãos.
Que eu possa liberta-las, sem apanhar nenhuma, para viver em abundância.
Que meus amigos sejam da espécie que ama o silêncio.
Que sejamos inocentes e despretensiosos.
Que eu seja capaz de gratidão.
Que eu saiba ter recebido a alegria, como o leite materno.
Que eu saiba isso como o meu gato, no sangue e nos ossos.
Que eu fale a verdade sobre a alegria e a dor, em canções que soem como o aroma do alecrim, como todo o dia e na antiguidade, erva forte da cozinha.
Que eu não me incline a auto-integridade e a autopiedade.
Que eu possa me aproximar dos altos trabalhos da terra e dos círculos de pedra, como raposa ou mariposa, e não perturbar o lugar mais que isso.
Que meu olhar seja direto e minha mão firme.
Que minha porta se abra aqueles que habitam fora da riqueza, da fama e do privilégio.
Que os que jamais andaram descalços não encontrem o caminho que chega a minha porta.
Que se percam na jornada labiríntica.
Que eles voltem.
Que eu me sente ao lado do fogo no inverno e veja as chamas brilhando para o que vier, e nunca tenha necessidade de advertir ou aconselhar, sem que me peçam.
Que eu possa ter um simples banco de madeira, com verdadeiro regozijo.
Que o lugar onde habito seja como uma floresta.
Que haja caminhos e veredas para as cavernas e poços e árvores e flores, animais e pássaros, todos conhecidos e por mim reverenciados com amor.
Que minha existência mude o mundo não mais nem menos do que o soprar do vento, ou o orgulhoso crescer das árvores.
Por isso, eu jogo fora a minha roupa.
Que eu possa conservar a fé, sempre!
Que jamais encontre desculpas para o oportunismo.
Que eu saiba que não tenho opção e assim mesmo escolha como a cantiga é feita, em alegria e com amor.
Que eu faça a mesma escolha todos os dias e de novo.
Quando falhar, que eu me conceda o perdão.
Que eu dance nua, sem medo de enfrentar meu próprio reflexo.

Rae Beth

☽Valeska☾

Nenhum comentário:

MÚSICA

Greenpeace - Liga das Florestas

Ocorreu um erro neste gadget

ASTRÓLOGA - TARÓLOGA - TERAPEUTA FLORAL

ASTRÓLOGA - TARÓLOGA - TERAPEUTA FLORAL
valeska_terapeuta@hotmail.com

Follow by Email

AGENDAR CONSULTA COM ORÁCULOS

AGENDAR CONSULTA COM ORÁCULOS
MSN - valeska_terapeuta@hotmail.com - SKYPE - valeska.terapeuta

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...