Aqui a Alma fala mais alto…Seja bem vindo(a)!!!

Sou astróloga e presto consultorias nas áreas terapêutica e esotérica há quase vinte anos. Inspirada e envolvida com a espiritualidade maior, desenvolvo atendimentos com oráculos, energéticos e metafísicos desde muito nova. Embora já tivesse o dom necessário para prestar um serviço de orientação metafísica, busquei cursos sérios nas áreas terapêutica e esotérica, para uma formação técnica profissionalizante, onde me dediquei e estudei com afinco, para lapidar o conhecimento de tudo aquilo que já fazia parte da minha rotina de vida desde tenra idade. Venho de uma família espiritualista e foi o que me deu a base para a compreensão e a sabedoria necessárias para o uso consciente e responsável da minha sensibilidade exacerbada e precoce. Cursei psicologia até o terceiro ano e com o tempo descobri que a parapsicologia e a metafísica estavam mais de acordo com a minha busca. Me formei em Astrologia e em Psicoterapia Floral, me aventurei em diversos cursos e vivências que acrescentaram conhecimento, aprofundamento e sabedoria a minha prática profissional. Depois de tantos anos me especializando nesta área através de experiência adquirida em consultório e na vida, ofereço meus conhecimentos para orientação e auxílio daqueles que precisam de um direcionamento e esclarecimento em seus processos pessoais, exercendo eticamente meu trabalho com amor, dedicação e discrição. utilizando-me das ferramentas como a astrologia terapêutica, o tarô orientativo, a psicoterapia floral, reiki, alinhamento de chacras, radiestesia, aconselhamento metafísico, e outras terapias complementares vibracionais, propondo e promovendo o equilíbrio harmônico entre corpo, mente e espírito a nível multidimensional.

Vamos caminhar juntos rumo a eternidade e perfeição do Espírito em plenitude terrena. Estar no mundo e não ser do mundo, eis o segredo da bem-aventurança.

Feliz jornada!

Eu Sou

Valeska de Gracia




O UNIVERSO CONSPIRA AO NOSSO FAVOR

20/03/2011



SINTOMAS DO DESPERTAR
Robert Theiss
Publicado em 20.03.2011
FÍSICO
É natural experienciar uma variedade de desconfortos físicos durante esta transição. Nossos corpos têm a habilidade de armazenar experiências do nosso passado em nosso DNA. Mudar a nossa atenção para estarmos no momento ajuda a liberar as energias que não mais nos servem. Respirar, fazer exercícios leves e beber grandes quantidades de água pode facilitar esta transição. Muitas pessoas experimentam sentimentos de não estarem ancorados, vertigens ou desconexão com o seu corpo. Passem um dia na praia, nas montanhas ou no deserto. Sentem-se com as costas próximas a uma árvore, enquanto praticam a respiração lenta e profunda. Vocês também podem imaginar no decorrer do seu dia que o seu corpo está conectado a esta Terra por uma raiz que se estende da base da coluna, até o centro deste planeta. Imaginem esta raiz descendo e se re-conectando com a presença de Gaia: isto os ajudará a se sentirem mais ancorados. Sua dieta mudará naturalmente para acomodar as suas novas escolhas. Comecem a confiar que o seu corpo tem a sua própria inteligência e está trabalhando de forma extraordinária para integrar a sua crescente consciência. O que, quando e como vocês comem, pode mudar em uma base diária. Prestem atenção a como o seu corpo se sente no decorrer do seu dia.
EMOCIONAL
É normal em qualquer processo de despertar experienciar uma gama completa de emoções. Um dia vocês poderiam se sentir no topo do mundo, cheios de energia, de entusiasmo e de alegria. Vinte e quatro horas mais tarde, poderiam precisar de cada grama de energia apenas para rastejar para fora da cama. É importante que aprendam a observar as suas emoções a partir de uma mente e um coração soberano e permitir que todos estes sentimentos venham à tona. É muito comum experienciar a tristeza, oscilações de humor e períodos de sentimentos depressivos. Confiança, aceitação e um ótimo senso de humor facilitarão esta transição.
MENTAL
A mente esteve atrelada à alma por um longo tempo. Alterar este relacionamento requer muita paciência. Quando vocês começam a mudar o seu passado para definir a sua identidade, é comum ter uma perda de memória em curto prazo. Viver no momento presente não tem história ligada a ele. Sua mente se torna uma testemunha de suas novas experiências, pois ela reúne informações para recriar a sua identidade. Isto é uma experiência muito frustrante para a mente. Parece que a sua história está se dissolvendo, e está. Integrar novas escolhas a sua vida requer tempo. Quando vocês começarem a adotar uma nova e soberana identidade, precisarão ensinar a sua mente como servir a este relacionamento.
ESPIRITUAL
O processo do despertar provoca naturalmente um profundo desejo de retornar à fonte da vida. Este anseio há muito tempo mantido, esteve com vocês por toda a criação. Vocês não podem agora realizar este desejo, permitindo que o Espírito venha até vocês. A arte de estar na curadoria transforma o nosso relacionamento com o Espírito, com o eu Divino e com toda a vida.
RELACIONAMENTOS
Um ser humano auto-capacitado pode desafiar todos os nossos relacionamentos pessoais. Sejam gentis e pacientes com o seu eu; aprender a respeitar, honrar e valorizar o seu ser requer tempo. Novos amigos e companheiros entrarão em sua vida que respeitam as suas novas escolhas.
EMPREGO
Um despertar espiritual nos convida a um espaço de maior valor em nosso ser. Nós começamos a adotar uma nova liberdade para expressar todos os nossos sinceros desejos. Isto naturalmente muda como nos sentimos em relação ao nosso ambiente de trabalho. Vocês descobrirão novas oportunidades que apoiarão a sua  consciência em expansão.
CRIATIVIDADE
No passado, a nossa paixão pela vida foi estimulada por perseguir, alcançar, estabelecer metas e cumprir agendas pré-determinadas. Isto exigiu muito trabalho árduo e esforço. Quando vocês se acostumarem a viver no momento, descobrirão uma nova paixão que está apoiada por um coração e mente soberana. Vocês descobrirão a liberdade para expressar-se fora das condições e parâmetros que herdaram.
Um despertar espiritual envolve a mudança. Todos estes sintomas passarão com o tempo. Vocês olharão para trás para todas as escolhas que estiveram dispostos a fazer para o seu ser com um profundo sentimento de gratidão e de alegria.
 
NOSSO EU DIVINO
No centro de nossa alma, reside um aspecto de Deus soberano, inseparável, a fonte da vida. Isto representa a nossa natureza divina, nosso Eu Divino. Alguns chamaram de nosso Eu Superior ou a nossa alma. Seu Eu Divino incorpora a dádiva da criação. Ele projeta aspectos ilimitados de si mesmo em uma variedade de dimensões, a fim de que vocês experienciem incontáveis variações de vida, pela mera alegria disto. Imaginem este Eu Divino na forma de uma roda. A essência de seu Eu Divino reside no centro. Inúmeros raios se estendem do centro e se conectam em um ponto em um aro externo. Esta conexão com este raio representa uma variedade de aspectos ou fragmentos individualizados deste Eu Divino. Como um ser humano, nós representamos este Eu Divino como um aspecto de si mesmo, residindo neste aro externo. Podemos manter nossas próprias e únicas identidades, enquanto também nos sentimos interligados a nossa natureza divina.
Através de uma variedade de experiências e escolhas, estes aspectos de nosso Eu Divino podem experienciar a vida sem estes raios no lugar. Os próprios raios podem ser quebrados, mas eles podem sempre ser reparados. Seu Eu Divino não interferirá, mas vocês podem sempre optar por se conectar. Um despertar espiritual convida a nossa identidade humana a reconhecer o nosso Eu Divino como uma parte de quem nós somos. Quando expandimos a nossa consciência, começamos a reconhecer que o nosso Eu Divino é também um aspecto de um Eu Divino maior. Conscientizamo-nos de uma variedade de outros aspectos individualizados, ainda que interligados ao nosso Eu Divino, cada um residindo no aro de sua própria e única conexão. O raio representa uma conexão energética com o nosso Eu Divino, e o aro representa a sua natureza multifacetada e multidimensional. Reunir o nosso Eu Divino a nossa natureza humana não transforma a nossa identidade para nos tornarmos um super homem. Vocês não serão capazes de saltar de prédios altos, mas terão acesso a uma consciência que engloba a integridade, a paciência e a compaixão.
 
UM RELACIONAMENTO VERTICAL
Criar e manter uma conexão vertical e energética com o seu Eu Divino muda como percebemos a vida. Em um relacionamento polarizado, vocês percebem reflexos da vida em conflito uns com os outros. Luz e escuridão, céu e terra, homem ou mulher, são percebidos como opostos. Seu Eu Divino percebe a realidade a partir de um estado unificado da consciência como um aspecto individualizado e soberano do Espírito. Um relacionamento vertical permite que a consciência desça a sua mente, corpo e alma. Isto intensificará muito a sua vida e ajudará a transformar estas agendas polarizadas que residem dentro de vocês.
 
O HUMANO DESPERTO
Nosso Eu Divino reside agora dentro do nosso corpo, mente e alma. Somos livres agora para expressar todas as nossas habilidades criativas a serviço de nossa alegria e paixão.
Mensagem de Robert Theiss
.....---ooo000ooo--......
Fonte:
Tradução: Regina Drumond

Michael Hoppé: Lavender Shadows [ HD-BS ]

19/03/2011

A ABUNDÂNCIA

    Quem nós pensamos que somos está intimamente ligado a como nos consideramos tratados pelos outros. Muitas pessoas se queixam de que não recebem um tratamento bom o bastante. “Não me tratam com respeito, atenção, reconhecimento, consideração. Tratam-me como se eu não tivesse valor”, elas dizem. Quando o tratamento é bondoso, elas suspeitam de motivos ocultos. “Os outros querem me manipular, levar vantagem sobre mim. Ninguém me ama.”
   
    Quem elas pensam que são é isto: “Sou um ‘pequeno eu’ carente cujas necessidades não estão sendo satisfeitas.” Esse erro básico de percepção de quem elas são cria um distúrbio em todos os seus relacionamentos. Esses indivíduos acreditam que não têm nada a dar e que o mundo ou os outros estão ocultando delas aquilo de que precisam. Toda a sua realidade se baseia num sentido ilusório de quem elas são. Isso sabota situações, prejudica todos os relacionamentos. Se o pensamento de falta – seja de dinheiro, reconhecimento ou amor – se tornou parte de quem pensamos que somos, sempre experimentaremos a falta. Em vez de reconhecermos o que já há de bom na nossa vida, tudo o que vemos é carência. Detectarmos o que existe de positivo na nossa vida é a base de toda a abundância. O fato é o seguinte: seja o que for que nós pensemos que o mundo está nos tirando é isso que estamos tirando do mundo. Agimos assim porque no fundo acreditamos que somos pequenos e que não temos nada a dar.
     
    Se esse for o seu caso, experimente fazer o seguinte por duas semanas e veja como a sua realidade mudará: dê às pessoas qualquer coisa que você pense que elas estão lhe negando – elogios, apreço, ajuda, atenção, etc. Você não tem isso? Aja exatamente como se tivesse e tudo isso surgirá. Logo depois que você começar a dar, passará a receber. Ninguém pode ganhar o que não dá. O fluxo de entrada determina o fluxo de saída. Seja o que for que você acredite que o mundo não está lhe concedendo você já possui. Contudo, a menos que permita que isso flua para fora de você, nem mesmo saberá que tem. Isso inclui a abundância. A lei segundo a qual o fluxo de saída determina o fluxo de entrada é expressa por Jesus nesta imagem marcante “Daí, e dar-se-vos-à. Colocar-vos-ão no regaço medida boa, cheia, recalcada, sacudida e transbordante, porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também.”

    A fonte de toda a abundância não está fora de você. Ela é parte de quem você é. Entretanto, comece por admitir e reconhecê-la exteriormente. Veja a plenitude da vida ao seu redor. O calor do sol sobre a sua pele, a exibição de flores magníficas num quiosque de plantas, o sabor de uma fruta suculenta, a sensação no corpo de toda a for ça da chuva que cai do céu. A plenitude da vida está presente a cada passo. Seu reconhecimento desperta a abundância interior adormecida. Então permita que ela flua para fora. Só o fato de você sorrir para um estranho já promove uma mínima saída de energia. Você se torna um doador. Pergunte-se com freqüência: “O que eu posso dar neste caso? Como posso prestar um serviço a esta pessoa nesta situação?” Você não precisa ser dono de nada para perceber que tem abundância. Porém, se sentir com freqüência que a possui, é quase certo que as coisas comecem a acontecer na sua vida. Ela só chega para aqueles que já a têm. Parece um tanto injusto, mas é claro que não é. É uma lei universal. Tanto a fartura quanto a escassez são estados interiores que se manifestam como nossa realidade. Jesus fala sobre isso da seguinte maneira: “Pois, ao que tem, se lhe dará; e ao que não tem, se lhe
tirará até o que não tem”..

Eckhart Tolle

*************************************************************************************************************************************

06/03/2011

DEPRESSÃO, A CRIANÇA INTERIOR PEDINDO ATENÇÃO E CURA.


Sentir a depressão na pele é bem diferente de discursar sobre ela. Depressão não é uma doença; é uma atividade natural do ciclo da vida. É sinal de que estamos inseridos no contexto latente de ser vivo. Todo mundo sente ou já sentiu depressão em algum ponto da vida. O espírito fica deprimido e a causa é sempre algum tipo de perda.

Ansiedade, culpa, síndrome do pânico, comportamento bipolar, carência, tristeza, tédio, desespero e até saudade são resultados da depressão. Esses sintomas significam que você está vivo e é um ser feito de vibrações e energia! Seus sentimentos são tão poderosos que podem mover o mundo. A sua capacidade de se regenerar e se autocurar é, igualmente, impressionante.

O nosso estado de espírito é representado pela criança interior. Quando este pequeno guia em seu interior perde alguma coisa que lhe é importante, passa a viver um ciclo descompassado que altera a sua química cerebral. O ser humano precisa da dopamina (paixão) e da serotonina (bem estar) para viver bem. Todos os nossos sistemas sensoriais e espirituais estão interconectados e a biologia do corpo é proporcional à atividade espiritual. Nossas crenças e a capacidade de ter fé são costuradas à nossa capacidade de autocura interior.

Em alguns momentos cruciais, você será ajudado pela força energética que permeia tudo. Contudo, essa ajuda que atinge o seu ser como um raio de amor e esperança será naturalmente acionada através de seus pontos energéticos que agrupam a rede que forma a completude do seu ser. Esses pontos se ligam a sua unidade física e não física que sempre foi e sempre será. Através dessas conexões mágicas você será capaz de saltar o maremoto de emoções conflitantes e administrar melhor novas compreensões sobre a sua vida.

Procure ajuda médica nos casos em que a sua força interior não consegue vencer o desânimo, pois, essa ajuda fará com que o seu ser engrene num ritmo impulsionado pela anima da alma. Depois que sentir que você está forte o suficiente, largue a medicação e assuma o controle. Quanto mais o cérebro produzir naturalmente a química do bem estar, mais antidepressivos naturais ele produzirá por si só devido ao hábito.

Quando comecei a escrever o livro Universo em Você fui tomada por uma energia muito intensa e vibrante. Eu sabia que aquela força era direcionada apenas ao livro; sentia, nitidamente, que ela vinha de algum lugar dimensional fora de mim. E, então, tal força me impulsionava! Cada vez que eu retomava o discurso do livro de onde tinha parado, ela voltava com o mesmo ímpeto de antes. Eu sabia que aquela energia era o oposto da depressão. E descobri que a depressão é ausência de paixão. Por isso, o antídoto para um estado de espírito deprimido é a PAIXÃO.

Como posso produzir os naturais antidepressivos?
O único ser em seu interior que domina as emoções, que necessita de direcionamento, que acredita em tudo que ouve ou vê, que se liga ao passado e se amedronta quando está enfraquecido é a sua criança interior. Ela é a única promotora da depressão em seu ser. A criança interior é o motor da sua eterna existência, é ela que dá asas à sua imaginação e assegura todas as conquistas que você já teve na vida. Portanto, é ela que necessita de cura. O espírito só fica deprimido porque desistiu de fazer novas escolhas e está se ligando ao que passou.

Você já deve conhecer a estória dos anjos caídos. Todo ser humano é um anjo caído! Nas dimensões não físicas, todas as entidades vivas reconhecem um homem que vai nascer como ser humano. Ele demonstra um selo em sua vibração e isso deixa claro, para qualquer vivente, que a sua hora vai acontecer. Esse sinal é a demonstração de que um ser feito de Deus está apaixonado. Um anjo caído é a centelha de energia pura que criou preferências particulares. Deus é uma eterna figura apaixonada e onde estiver a paixão você encontrará a força entremeada de Deus. Você se apaixona toda vez em que declara: eu gosto disso, eu preciso disso, é isso que move o meu ser... Isso me mantém vivo, Isso me realiza e me faz feliz! Eis um anjo que vai cair com um incrível poder criador!

"Suas preferências são únicas e inigualáveis e suas escolhas moldam a sua vida. O olhar de suas paixões cria um brilho único no universo e, então, toda a vida reconhece que Deus está vivo através de você".

É a paixão do seu desejo que vai afastar a depressão. Estar deprimido é sinônimo de não estar escolhendo e quando você não está direcionando o seu fogo interior para um desejo, então você não está motivando a sua criança interior de vida. Você precisa mostrar, através das suas preferências divinas, o caminho da felicidade a si mesmo. Motivado, o seu ser interior moverá sua unidade em direção à felicidade. Uma criança confiante e feliz constrói a realização. E ao ser vestido de Deus, você caminhará motivado pela estrada feita de sentimentos, compreensões, imaginações, afirmações, vibrações, definições das suas escolhas, confiança e permissão.

É impossível que você corra cem metros pela sua estrada evolutiva agora. Nenhuma força fará isso por você, pois este é um caminho que o Deus em seu interior decidiu percorrer. Esta estrada é feita de nuances espirituais, intuições, sinais e compreensões que vão se mostrando, passo à passo, delicadamente enquanto você caminha.

Esqueça o passado.
“Você está agora em uma sala pequena, vazia e branca. Há uma cadeira no centro separando duas portas de cada lado. A porta da esquerda representa o passado e a da direita, o futuro. Você está segurando apenas uma chave em mãos, e ela é a chave que abre o seu passado. Quando você abre a porta, percebe que não há nada lá do outro lado que não seja um vale branco representando um vazio infinito. Você sente que se der um passo à frente, este buraco sem fim vai lhe puxar para o vazio. Ao decidir fechar a porta, por não haver absolutamente nada lá, você se senta na cadeira do centro e compreende que o seu futuro depende das suas escolhas agora! Neste momento uma chave começa a se mostrar em suas mãos e, a cada nova compreensão, a chave do futuro se mostra mais concreta e brilhante. Agora você sente que é um ser novo, sem lembranças do que passou. Você está apto a começar do zero e se reconstruir a partir de agora como um novo ser humano sem passado. Você reconhece o poder criador de suas escolhas agora e começa a desenhar criativamente uma nova vida”.

O passado não existe, é uma projeção da sua mente! A mente cria o passado para se localizar, agindo apenas como um GPS em seu sistema de orientação. Cada momento que passou serviu para lhe proporcionar um grau de perfeição de experiência, consciência e escolhas para melhor encontrar a felicidade. Os conflitos começam porque o seu pequeno eu interior está sem orientação e vivendo das perdas do passado. Mostre ao seu guia interior que não há nada na sua porta do passado e que as particularidades de suas preferências estão no centro do seu poder agora.

Esqueça tudo o que você sabe sobre o vale dos suicidas, sobre você estar vivo para pagar uma grande dívida, sobre culpas e demônios. Esqueça tudo aquilo que cria amarras em seu ser. Você é um ser livre e por amor e paixão resolveu escolher estar aqui neste planeta. Existe apenas a lei máxima de ação e reação, porém, ela é uma força coerente com o momento agora! Não há nada que possa lhe tirar o direito de ser feliz. Está tudo certo!

Autoestima
A imagem que você faz de si mesmo é determinante das suas escolhas, da sua vida e do seu destino. A maneira que você se enxerga é refletida no seu mundo exterior. As pessoas lhe conhecem como você se sente e se enxerga. A sua autoimagem deve ser transformada se você estiver sentindo que é um ser abaixo do seu real valor como a entidade divina que é. É através da revolução de suas crenças que a sua autoimagem ganhará o devido valor. O seu ser vai se adaptando e se modelando a partir da vibração de suas escolhas. Por isso não tenha medo de querer demais, pois seus desejos genuínos e apaixonados sempre serão respeitados.

Você é um ser único. Não pode haver comparação entre você e mais nada, pois os seus potenciais são distintos e inigualáveis. Deus é multifacetado e infinitamente criativo. Ele segue apaixonado pelas suas escolhas e ávido para experimentá-las!

Um problema emocional sempre carrega consigo a chaga de baixa autoestima. Você acha que não é suficientemente merecedor ou bom para largar aquilo que lhe machuca. O medo de mudar é proporcional ao baixo valor que você tem de si mesmo. Se você puder olhar para si mesmo e reconhecer o quanto é maravilhoso como ser humano, então, será capaz de abandonar mais fácil o passado e seguir com novas e apaixonantes escolhas.

Raiva
É o melhor dos sentimentos de uma criança interior deprimida. Raiva é indignação. Portanto, este sentimento fará você observar que merece mais do que está ganhando da vida. A raiva lhe impulsionará a ser mais ambicioso, a definir o que realmente você quer e trará para o seu coração a garantia de que você é merecedor do melhor. A raiva é a energia que dá vazão à paixão. Por isso, como energia intensa, pura e giratória, a raiva não vai durar muito. Ela o lançará para outros tipos de sentimentos mais criativos. E você começará a escolher, definindo claramente o que é melhor para você.


Atinja a plenitude do seu ser e muito amor lhe será encaminhado.
Como posso me amar se não sei nem por onde começar?
Comece escolhendo aquilo que lhe faz feliz. Busque para você a força de uma meta, de um sonho, de uma vontade, de uma escolha intencionada. É a sua vontade que moverá o seu ser em busca da felicidade e você encontrará, pouco a pouco, uma primavera florescendo em seu coração. É essa direção interior que faz com que você encontre a força de Deus em si mesmo.

Não haverá amor lá fora se você não cultivar o amor por si mesmo.
Olhe para você!
O que lhe falta é aquilo que você não está permitindo que flua em seu íntimo. Todas as ruínas em seu interior não estão lhe mostrando a solução, elas estão ali até que você resolva decidir o que quer da vida. Não há cura no sofrimento, mas há solução quando você olha adiante e observa apenas o que é melhor. E então, a sua nova postura produz novas vibrações que começarão a desenhar o seu futuro com a habilidade de quem respeita a si mesmo.

Escolha o que quiser, pois este caminho lhe levará para a realização, num ambiente repleto de Deus. Deus nada mais é do que um estado absoluto de realização. O inferno são as culpas e os medos que você alimenta justamente quando a mente está desconectada do coração. É a sua determinação que cria as condições para dar certo. Você não precisa sair em atividade desesperada; fortaleça o seu íntimo, acredite que suas escolhas correm para o rio da conclusão e ninguém nem nada é mais forte do que o vento forte da fé que ascende o seu fogo interior.

Apaixone-se por si mesmo!
Há uma lei que declara que alguém que respeite a si mesmo sempre respeitará o outro. É uma realidade implacável e você observará isso na sua caminhada de vida. Você sentirá também que quem não respeita o outro merece perdão por estar desperdiçando o reconhecimento do valor incondicional ao seu próprio ser. Consciente de seu real valor, seus julgamentos vão dar espaço para a permissão, a compaixão e o reconhecimento de que está tudo certo. Você sentirá que tudo acontece como tem que acontecer em um caminho que todos nós escolhemos trilhar em busca de nossas paixões.

Conquiste a você mesmo, encontre seus atributos pessoais sejam quais forem eles e invista nisso. Apaixone-se pelo potencial que você tem para conquistar. Em que você é bom? Onde está o seu ponto de poder? Todo mundo tem um incrível ponto de poder, afinal Deus está em ação através do seu corpo. Admire-se e em qualquer circunstância, não perca o foco do poder e do amor por si mesmo. A música possui força curativa. Ela pode chamar o espírito para se levantar de um abatimento. Se estiver deprimido, ouça música e você estará acordando o seu senso de direção emocional e espiritual. Chame a sua criança interior para dançar seus sonhos. Um dia você perceberá que ela está dançando por si só e abrindo seus canais de puro potencial... A mágica começará quando todas as partes do seu ser estiverem vivendo sob um mesmo ritmo magnético e criativo!

Tire proveito de estar só!
Use seus momentos de solidão para implodir o seu fogo interior. Toda força concentrada é direcionada para o universo e de lá ela vai rompendo fronteiras e ganhando energia. E como tudo que vai, volta; esta energia retornará para você com mais magnetismo, equilibrando seus pontos vibracionais.

Desistir é fácil quando nada parece acontecer externamente, mas se você for inteligente moverá novas fronteiras do universo a seu favor. Nada será capaz de concentrar a sua força por si mesmo. Neste processo de autoregeneração encontramos o divino quando estamos no caminho da cura interior. Antes disso, a bem aventurança divina não consegue nos encontrar diante do breu que assola nossos pensamentos.

É preciso que você mesmo abra a cortina do seu emocional e vire esse jogo.

A vida soprará ventos fortes em sua caminhada, e quanto mais você persistir, menos o vento lhe atingirá. Ninguém disse que seria fácil... Contudo, se você está vivo, então, não pode ser tão difícil, pois a proposta de ser feliz já foi, outrora, semeada em seu interior. Caso contrário, você não escolheria pela vida. Você é um ser idealista e só precisa relembrar suas paixões. Uma criança nasce apaixonada, fresca pelo estímulo vital que impulsionou seu ser não físico para o mundo. Por isso ela abre sorrisos a todo o momento. É um anjo caído que está ainda consciente do seu maravilhoso valor.


Toda criança está carregada de asas e quando ela cresce, o fato de deixar cair suas asas não pode fazer com que suas escolhas lhe abandonem também.
A vida pode lhe tirar seus entes queridos, anular seus sonhos antigos, maltratar sua autoestima, porém, ela lhe dará o eterno poder de escolher novamente. A cada escolha há uma chance melhor e maior de ser feliz. E, mais tarde, em meio ao seu processo de consciência, você agradecerá por todas as perdas.
São as suas certezas que refletem o rumo da sua vitória.

Nunca aceite menos do que a absoluta felicidade. Se quiser ser amado, comece agora por você mesmo. Se quiser ser encontrado, encontre todas as veredas do seu ser. Se quiser ganhar, comece a ser um vitorioso já! Se quiser reconquistar um amor, reconquiste a si mesmo.


Só o amor por si mesmo pode lhe encaminhar para qualquer tipo de conquista.

Fonte:http://universoemvoce.blogspot.com

Almas Gêmeas – Arcanjo Miguel

por Celia Fenn

                                                                      

Meus caros, uma das maiores dádivas da Quinta Dimensão serão os alegres e amorosos relacionamentos que vocês criarão e usufruirão como seres despertos. Quando vocês despertarem para o seu poder e abrirem os seus corações, então criarão os mais belos e amorosos relacionamentos de almas-gêmeas. Vocês não se fixarão em nada que não seja uma união de almas-gêmeas. Muitos de vocês perguntam "Quem é a minha Alma-Gêmea?", especialmente aqueles que ainda estão sós neste momento. E muitos encontram-se sós ou esperando para deixar um relacionamento que não mais funciona para eles. Este desconforto é porque estão sendo solicitados a deixar ir os relacionamentos de terceira dimensão e a mudarem-se completamente para as uniões de quinta dimensão.
Nós dizemos a vocês que sua alma-gêmea não é nenhuma pessoa em particular. Frequentemente existem muitas pessoas que poderiam oferecer padrões de alma compatíveis com vocês. Neste momento de transformação e "atualização", pode ser oferecida a vocês mais de uma oportunidade de formarem uma ligação de alma-gêmea.
A chave é a compatibilidade de alma. Isto é uma compatibilidade energética nas Dimensões Superiores. As pessoas que formam uma ligação de alma-gêmea terão almas cujas harmonicas de luz e som combinam o suficiente para haver o potencial para que as duas almas se fundam completamente e formem uma União de Chama Gêmea.
Esta compatibilidade harmônica é sentida como uma profunda atração magnética e harmonia. Vocês saberão quando encontrarem um potencial parceiro de alma-gêmea. Sua alma saberá, e o reconhecimento da alma e do Eu Superior vos será repassado imediatamente. No estado desperto de Quinta-Dimensão, a experiência das suas almas e as suas escolhas serão sentidas por vocês como suas próprias escolhas e experiências pois, de fato, todo o objetivo da transformação para a Quinta Dimensão foi para que alinhassem os seus aspectos físicos com os seus aspectos superiores.
Mas o que vos diremos é que as suas almas escolhem um par por uma razão, e esta razão é servir um bem maior. Uniões de almas não são definidas pelo ego. Elas não são para a felicidade pessoal do ego, mas sobre como a energia das duas almas podem ser combinadas para servirem ao bem maior. E neste aspecto de serviço é encontrada a felicidade e a alegria que une os dois no plano material e forma a fundação para a felicidade no mundo físico.
No passado, uma união de alma-gêmea podia ser formada para fazer intenso trabalho interno. Nem todas as uniões de almas-gêmeas eram felizes, pois o trabalho das duas almas pode ter envolvido o esclarecimento de profundos padrões disfuncionais que fossem comuns a ambos. Mas esse processo foi concluído e completado. Deste ponto em diante, uniões de almas-gêmeas são sobre a criação de alegria e felicidade através do serviço. As uniões da Nova Terra serão para servir o planeta num estado de harmonia jubilosa onde os dois tornam-se um em seu comprometimento com seu trabalho como seres de luz no planeta. Isto não significa que precisarão trabalhar juntos fisicamente, mas que suas almas e energias darão apoio uma a outra nos níveis superiores para o bem comum.
Trazendo para o Físico um Relacionamento de Almas-Gêmeas : O Papel do Sexo Sagrado
Quando um relacionamento é estabelecido pelos princípios da alma, a idéia do serviço e da espiritualidade é conduzida através do reino físico ou reino de manifestação. A união física do casal é vista como um ato sagrado no qual as energias do masculino e feminino, ou yin e yang, são trazidas para uma harmonia amorosa e de êxtase.
Isto significa que numa união de alma-gêmea, deverá haver uma decisão sobre que tipo de energia será ativada por cada parceiro na relação. Idealmente, o homem ativará a energia Yang do Divino Masculino, ou Deus, e a mulher ativará a energia do Divino Feminino ou Deusa. Sua união será então uma harmônica equilibrada do Yin e do Yang.
Contudo, poderão haver também relacionamentos onde a mulher escolherá ser a energia yang, e o homem solicitará a energia feminina ou Yin. Em uniões homossexuais ou lésbicas, os parceiros deverão decidir quem ativará uma energia em particular a fim de criar a união das energias Yin e Yang que criarão o caminho para as Dimensões Superiores.
A dificuldade que muitos de vocês estão tendo é a de ajustarem-se a estes novos papéis. O parceiro que escolher a energia Feminina precisará render-se à liderança ativa do parceiro que assumir a energia masculina. Isto não é dominação ou controle, mas um ajuste necessário para permitir o fluxo da energia harmônica equilibrada dos Níveis Superiores que cria milagres entre as duas pessoas. Quando o Feminino rende-se à liderança ativa do Masculino, a Ordem Divina é estabelecida. A Graça Divina pode então fluir. Mas, este é um ato de rendição mútua, pois o parceiro masculino precisa render-se ao amor do parceiro feminino, e em troca ambos os parceiros rendem sua vontade à orientação superior.
No presente, muitos de vocês estão resistindo a estes ajustes, porque a vossa experiência tridimensional os levou a resistirem ao que entendem como dominação ou controle, ou manipulação e coerção. Mas, além da disfunção das mentiras tridimensionais encontra-se o reino de equilíbrio e harmonia da quinta-dimensão, onde o masculino e feminino existem em perfeita harmonia e como iguais perfeitos. não há medo ou raiva neste lugar de equilíbrio, apenas aceitação e amor.
Este equilíbrio perfeito vai se refletir nas uniões sexuais do casal. Na Nova Terra, o sexo e a sexualidade serão baseadas no espírito e serão prazeirosas e alegres. Os velhos padrões de abuso e domínio desaparecerão. Os casais aprenderão sobre a energia ou chi em relação aos seus corpos e à sua sexualidade. Aprenderão como usar o sexo não apenas como ferramenta de procriação ou expressão de amor, mas também como uma forma de permanecerem jovens e saudáveis. Os antigos segredos da alquimia sexual tornar-se-ão novamente de conhecimento comum e serão praticados como Sexo Sagrado, o que se tornará parte das uniões de almas-gêmeas.
Abrindo o Caminho para o Espírito e Uniões de Chamas-Gêmeas
Quando um casal de almas-gêmeas unirem-se nesta ligação de corpo e alma, começarão a misturar as suas energias da alma. A prática do sexo sagrado lhes permitirá vivenciarem a alegria extática do retorno à Unidade como uma experiência física.
Esta união e mistura de energias do corpo e da alma criarão um vortex espiral ou caminho para o reino do Espírito e da Fonte. Esta energia será então drenada dos Planos Superiores para ativar e energizar as almas e corpos dos dois parceiros. No mundo antigo, os rituais do casamento sagrado e sexo sagrado eram praticados por sacerdotes e sacerdotisas para assegurar o fluxo de Graça Divina para a comunidade mantendo o equilíbrio do microcosmo em perfeita ordem. Na Nova Terra, todos os casais unidos pela alma terão a oportunidade de entrarem em "casamentos sagrados" onde aprenderão a unirem as suas energias e trazerem o fluxo da Graça Divina ao Planeta.
Quando a Graça fluir através de um casal de almas-gêmeas desta forma, eles terão acesso às mais altas expressões de Divino Amor Incondicional. e poderão tornar-se Chamas-Gêmeas. Tornar-se-ão um na energia da Fonte ou Espírito. Seu amor um pelo outro inclui e é refletido pelo Amor Incondicional da Essencia Divina. Eles serão então, verdadeiramente, o Deus e Deusa unidos no serviço da Chama do Divino Amor Incondicional e as suas manifestações no Planeta Terra. E, repetimos, isto está disponível para todos que formarem uniões de almas-gêmeas na Nova Terra de Quinta-Dimensão. Esta é uma dádiva de grande alegria para a qual vocês todos trabalharam por muitas vidas de dualidade. É a dádiva de Consciência da Unidade em prática.
Amor Incondicional, Sexo e Espírito : Uma Antiga História Egípcia
Meus caros, ao retornar ao Planeta a sabedoria dos antigos, vocês apreciarão novamente as histórias de sabedoria dos Deuses e Deusas. Trazemos à sua atenção uma bela história de sabedoria do antigo Egito. Para demonstrar o seu entendimento da importância do sexo sagrado ao serviço da harmônica sagrada do equilíbrio, eles contaram a história de Geb e Nut.
Nut era a mãe do céu, a Cósmica ou Galática Deusa Mãe. Geb era o Pai da Terra, e representava o Planeta Terra, que era visto como um homem (uma identificação que novamente começará a se tornar evidente na Nova Terra quando os homens reassumirem o seu papel xamanico ativo). Nesta história, Nut e Geb, ou Terra e Céu, juntavam-se diariamente em união sexual. Desta união, Nut dava a luz ao sol a cada dia, o que trouxe luz a tudo. Portanto, entendia-se que o sexo sagrado trazia luz ao Planeta. Isto cria o equilíbrio sagrado que permite a Graça Divina fluir. E quando a Graça Divina flui, os milagres são criados!
Portanto, meus caros, ao assumirem os papéis do Deus e da Deusa que é o seu direito como anjos humanos, vocês também será conduzidos, pelo espírito, a parceiros de alma-gêmea potenciais. Se assim o escolherem, poderão então entrarem num casamento sagrado que será parte de seu serviço de trazer luz para o planeta. É a dádiva de alegria que é oferecida a todos Anjos Humanos de Quinta-Dimensão!

Arcanjo Migue através de Celia Fenn
 
*********************************************************************************

05/03/2011

Hipátia de Alexandria


Hipátia de Alexandria

Texto da coluna Alma Mater do Nerd Somos Nozes.


Quando tive a idéia de escrever sobre a vida das Grandes Mulheres do Passado a primeira personagem real que me veio à cabeça foi Hipátia de Alexandria. Me lembro do dia que li sobre ela em um de meus livros relacionado ao Império Romano. Havia apenas um pequeno parágrafo… a sensação que passava era de que só estava ali para preencher espaço e dizia apenas: Hipátia de Alexandria, matemática e filosofa, foi diretora da Academia de Alexandria (Biblioteca de Alexandria) e morreu em 415. Nada mais, apenas essa curta frase, porém foi o suficiente para despertar em mim a curiosidade. Afinal, quem fora essa mulher que não só fora matemática e filosofa numa época impensável para as mulheres exercerem tais funções, como chegou a ser diretora de uma das maiores escolas da antiguidade?! Dali para frente procurei pesquisar tudo o que podia. Infelizmente não nos chegou muito sobre a vida dessa Grande Mulher, mas o que temos vale como lição para se carregar para sempre.


Hipátia nasceu em Alexandria por volta do ano 370 D.C. Para aqueles que não lembram, Alexandria é uma cidade do Egito e foi fundada por Alexandre da Macedônia, popularmente conhecido como Alexandre, O Grande.

Na antiguidade Alexandria foi um grande pólo de cultura e livre expressão, mas, na época em que Hipátia nasceu, a cidade encontrava-se em uma disputa entre a Igreja Católica, que crescia em poder rapidamente, e as correntes filosóficas que punham em cheque as doutrinas da nova religião.

Filha de Theon, filósofo, matemático e astrônomo, diretor do Museu de Alexandria; Hipátia creceu em um ambiente cercado de cultura sendo guiada por seu pai nos estudos da Matemática e Filosofia. Ele acreditava no ideal grego da “mente sã em um corpo sadio” (“men sana in corpore sano”) estimulando a filha a exercitar tanto a mente como o corpo, contam as lendas que ele desejava torna-la “um ser perfeito”.

Ainda jovem viajou a Atenas para complementar seus estudos. Era conhecida na Grécia como “A Filosofa”, já demonstrando cedo sua profunda sabedoria. Sócrates Escolástico relata:

“Havia em Alexandria uma mulher chamada Hipátia, filha do filósofo Theon, que fez tantas realizações em literatura e ciência que ultrapassou todos os filósofos de seu tempo. Tendo progredido na escola de Platão e Plotino, ela explicava os princípios da filosofia a quem a ouvisse, e muitos vinham de longe para receber seus ensinamentos.”

Ainda em Atenas tornou-se discípula de Plutarco e professava ensinamentos Neoplatônicos. Ao retornar a sua pátria, foi convidada para assumir uma cadeira na Academia de Alexandria como professora. Por volta dos 30 anos, tornou-se diretora da Academia. Seus conhecimentos abrangiam a Filosofia, a Matemática, Astronomia, Religião, poesia e artes. Era versada em oratória e retórica. Escreveu diversos livros e tratados sobre álgebra e aritmética. Seu interesse por mecânica e tecnologia a levaram a conceber instrumentos utilizados na Física e na Astronomia, como o astrolábio plano, o planisfério e um hidrômetro. Infelizmente suas obras foram perdidas durante o incêndio que destruiu a Biblioteca de Alexandria. Tudo o que chegou-nos vem através de suas correspondências. Um de seus alunos Hesíquio o hebreu, escreveu:

“Vestida com o manto dos filósofos, abrindo caminho no meio da cidade, explicava publicamente os escritos de Platão e de Aristóteles, ou de qualquer filósofo a todos os que quisessem ouvi-la… Os magistrados costumavam consulta-la em primeiro lugar para administração dos assuntos da cidade”.

Hipátia foi uma Grande Mulher que nasceu na época errada. Sua defesa fervorosa ao livre pensamento, seus ensinamentos Neoplatônicos, sua observação de que o universo era regido pela leis da matemática a caracterizaram como herege em um momento onde o Cristianismo triunfava sobre o Paganismo. Enquanto Orestes, um ex-aluno, fora prefeito da cidade, sua vida estivera protegida. Mas quando Cirilo tornou-se bispo de Alexandria, determinado a destruir todo o movimento pagão, sua morte foi anunciada.

Em uma tarde de 415 D.C. retornando a sua casa, Hipátia foi abordada por uma turba de cristãos furiosos que a arrancaram de sua carruagem, arrastaram-na para uma igreja e lá rasgaram-lhe as roupas deixando-a completamente nua e assim puseram-se a retalhar seu corpo esfolando-lhe a carne de seus ossos utilizando para isso cascas de ostras afiadas. Por fim desmembraram-lhe o corpo e os atiraram as chamas.

Morria com ela toda uma era de liberdade e florescimento filosófico e cultural em Alexandria e certamente para todos que viviam sobre a espada afiada da nova religião.

Carl Sagan escreveu em seu livro Cosmos: 

“Há cerca de 2000 anos, emergiu uma civilização científica esplêndida na nossa história, e sua base era em Alexandria. Apesar das grandes chances de florescer, ela decaiu. Sua última cientista foi uma mulher, considerada pagã. Seu nome era Hipátia. Com uma sociedade conservadora a respeito do trabalho da mulher e do seu papel, com o aumento progressivo do poder da Igreja, formadora de opiniões e conservadora quanto à ciências, e devido a Alexandria estar sob o domínio romano, após o assassinato de Hipátia, em 415, essa biblioteca foi destruída. Milhares dos preciosos documentos dessa biblioteca foram em grande parte queimados e perdidos para sempre, e com ela todo o progresso científico e filosófico da época.”

Essa Grande Mulher nutriu toda uma época com a luz do conhecimento e do saber. Calaram-lhe a voz e empurraram sua lembrança para as profundezas do esquecimento. Mas, dois milênios não foram suficientes para apagá-la da memória de todos os famintos pela verdade. Hipátia retorna forte e vibrante ao alcance daqueles que buscam por seus ensinamentos. Ainda há pouco, enquanto terminava minha última pesquisa para esse artigo, me deparei com a notícia de que o diretor Alejandro Amenábar recentemente lançou no festival de Cannes o filme Ágora, que conta ao mundo a vida de Hipátia de Alexandria.


 

 "Reserve o seu direito a pensar, mesmo pensar errado é melhor do que não pensar."

Hipátia de Alexandria



 

AMAR E SER AMADO - OSHO


 Somente uma pessoa amorosa, aquela que realmente é amorosa; pode encontrar o parceiro certo.

Essa é minha observação: se você está infeliz você irá encontrar alguém também infeliz. Pessoas infelizes são atraídas pelas pessoas infelizes. E isso é bom, é natural. É bom que as pessoas infelizes não sejam atraídas pelas pessoas felizes; senão elas destruiriam a felicidade delas. Está perfeitamente bem.

Somente pessoas felizes são atraídas pelas pessoas felizes. O semelhante atrai o semelhante. Pessoas inteligentes são atraídas pelas pessoas inteligentes; pessoas estúpidas são atraídas pelas pessoas estúpidas.

Você encontra as pessoas do mesmo plano. Então a primeira coisa a lembrar é: um relacionamento está fadado a ser amargo se este surgiu da infelicidade.

Primeiro seja feliz, seja alegre, seja festivo e então você encontrará alguma outra alma festiva e haverá um encontro de duas almas dançantes e uma grande dança irá surgir disso.

Não peça por um relacionamento a partir da solitude, não. Assim você estará indo na direção errada. Então o outro será usado como um meio e o outro lhe usará como um meio. E ninguém quer ser usado como um meio! Cada indivíduo único é um fim em si mesmo. É imoral usar alguém como um meio.Primeiro aprenda como ser só. A meditação é um caminho para ficar sozinho.

Se você puder ser feliz quando você está só, você aprendeu o segredo de ser feliz. Agora você pode ser feliz acompanhado. Se você é feliz, então você tem alguma coisa para compartilhar, para dar. E quando você dá, você obtém; não é de outra maneira. Assim surge uma necessidade de amar alguém.

Geralmente a necessidade é de ser amado por alguém. É a necessidade errada. É uma necessidade infantil; você não está amadurecido. É uma atitude infantil.

Uma criança nasce. Naturalmente, a criança não pode amar a mãe; ela não sabe o que é amar e ela não sabe quem é a mãe e quem é o pai. Ela está totalmente desamparada. Seu ser ainda está para ser integrado; ela ainda não está reunida.

Ela é somente uma possibilidade. A mãe precisa amar, o pai precisa amar, a família precisa banhar a criança de amor. Agora ela aprende uma coisa: que todos têm que amá-la. Ela nunca aprende que ela precisa amar. Agora a criança irá crescer e se ela permanecer presa nessa atitude que todo mundo tem que amá-la, ela irá sofrer por toda

sua vida. Seu corpo cresceu, mas sua mente permaneceu imatura.

Uma pessoa amadurecida é aquela que chega a conhecer a necessidade do outro: que agora tenho que amar alguém.

A necessidade de ser amado é infantil, imatura. A necessidade de amar é maturidade.

E quando você está preparado para amar alguém, um belo relacionamento irá surgir; de outra maneira não.

"É possível que duas pessoas num relacionamento sejam más uma para com a outra"?

Sim, isso é o que está acontecendo por todo o mundo. Ser bom é muito difícil. Você não é bom nem para si mesmo.

Como você pode ser bom para outra pessoa?

Você nem mesmo ama a si próprio! Como você pode amar outra pessoa? Ame a si mesmo, seja bom para si mesmo.

Os seus assim chamados santos têm lhe ensinado a nunca amar a si mesmo, para nunca ser bom para si mesmo.

Seja duro consigo mesmo! Eles têm lhe ensinado a ser delicado para com os outros e duro para consigo mesmo. Isso é um absurdo.

Eu lhe ensino que a primeira e mais importante coisa é ser amoroso para consigo mesmo. Não seja duro; seja delicado.

Cuide de si mesmo. Aprenda como se perdoar, cada vez mais e novamente; sete vezes, setenta e sete vezes, setecentos e setenta e sete vezes. Aprenda como perdoar a si próprio. Não seja duro; não seja antagônico consigo mesmo.

Assim você irá florescer.

Nesse florescimento você atrairá alguma outra flor. Isso é natural. Pedras atraem pedras; flores atraem flores. Assim há um relacionamento que possui graça, que possui beleza, que possui uma bênção nele.

Se você puder achar um relacionamento assim, seu relacionamento crescerá para uma oração; seu amor se tornará um êxtase e através do amor você conhecerá o que é o divino.

OSHO

04/03/2011

Guarde isso...

Não duvide: o melhor está para acontecer.
Creia: tudo o que te causa dor, será eliminado.
Sinta: o amor de DEUS está tocando a tua alma.
Veja: você é reflexo, imagem e semelhança DELE.
Atente-se: movimentações à tua volta estão indicando mudanças.
Determine: busque a tua transformação interior.
Anime-se: olhe com olhos confiantes para o amanhã.
Espere: os teus sonhos ainda não foram apagados, esquecidos.
Entenda: o cumprimento das promessas está ligado ao teu posicionamento.
Respire: deixe de lado a ansiedade e viva um dia de cada vez.
Liberte-se: não te prendas a paradigmas ou experiências passadas.
Alegre-se: olhe positivamente para a tua vida.
Agradeça: tenha gratidão pelo que tem, pelo que recebe e por quem é.
Não se anule: com ponderação, faça o que sempre teve vontade, diga o que sempre quis dizer.
Cresça: busque a evolução do teu ser, da tua alma, do teu espírito.
Retribua: divida com outros aquilo que te faz bem, divulgue coisas boas.
Ame: ame a si mesmo, ame o próximo, ame a DEUS.
Adore: reconheça que há um SER SUPERIOR que cuida de ti e lhe preste total reverência.
Que ELE seja contigo e em ti, hoje e em todos os teus dias!


F.I.M. – Fraternidade de Iluminadores do Mundo

03/03/2011

MÃOS DE LUZ - BARBARA ANN BRENNAN

MÃOS DE LUZ - BARBARA ANN BRENNAN


Bárbara, nos conta suas experiências depois de anos trabalhando com esta força que impulsiona a vida. Quer nos mostrar como podemos nos beneficiar,  se melhor compreendermos o campo de energia que nos envolve, que envolve a vida. Energia esta semelhante a luz de uma vela, ela nos rodeia e penetra em nosso campo físico, está associada a nossa saúde física, mental e espiritual. Quando a energia não flui livremente ela gera bloqueios e causa desequilíbrios, dando início aos problemas no campo físico.

O curador precisa buscar a causa do problema. O método de cura aqui demonstrado é o da imposição das mãos, nos mostra, também, que para melhor utilizá-lo devemos primeiro, desenvolver a Alta Percepção Sensorial (APS), que nada mais é do que um estado ampliado de consciência. Este estado é que vai permitir a percepção das coisas alem dos limites normais de consciência. São vários os métodos para ampliar nossa consciência, sendo que o mais conhecido é a meditação, esta, também desenvolvida por diversos meios, cada um deve buscar o que melhor se adapte. No relato de suas experiências, faz inúmeras demonstrações, demonstrações estas que nos mostram o modo de ver a energia humana e a energia universal . Nos mostra a função desta energia através de seus chacras, as suas obstruções , ou bloqueios.

Você quer aprender a curar-se , este é o desafio.

Cura significa compreender a relação que há entre causa e efeito. Desafio este que nos leva a entender a vida. A vida que se inicia numa simples pulsação e se expande no universo a fora, interagindo entre si.

O curador precisa ser capaz de sentir a força e a intensidade desta energia que envolve a vida. A energia que nos envolve e envolve todos os seres vivos ou objetos, é uma luz que tem cores. Quando esta energia estiver estagnada ela aparece com cores escuras, ao contrário, quando a pessoa for sadia, esta energia aparece com cores brilhantes.A doença, na maioria das vezes inicia com um trauma psicológico ou físico.

A cura requer mudança de hábitos e a remoção do trauma que deu origem à doença, para não obter o efeito sanfona. Precisamos entender a doença, o que ela significa, o que posso aprender com ela.

Na busca mais profunda do ser está a chave de nossas enfermidades. Precisamos ser capazes de ouvir o que o corpo nos fala. A doença nos revela que algo importante está sendo por nós ignorado - o que é?. Investigar a causa é promover mudanças, mudanças no jeito de agir, no jeito de ser e sentir. Só a mudança é capaz de nos levar a verdadeira cura.

O curador, o terapeuta, o médico e os medicamentos são apenas os veículos que nos conduzem a cura. Quanto mais prestarmos atenção em nós, mais seremos capazes de detectarmos qualquer desconforto . Desconforto este que nada mais é do que uma mensagem do corpo. Este mal estar está nos dizendo que estamos fora do alinhamento do nosso verdadeiro eu.

Ouvir o corpo é comer quando se está com fome, descansar quando se está cansado, é cuidar do que nos aborrece e modificar, atendendo aos desconfortos buscamos o equilíbrio, e conseqüentemente a saúde.

Prestar atenção é ouvir a voz interior, é deixar fluir as mais singelas informações , sem obstruir seu processo. Para praticar a cura, precisamos estar abertos a toda e qualquer mudança, ponto de partida que transforma a vida, e a torna plena, porque nos faz crescer, crescer na dor ou no amor. Amor este que nos impulsiona. Ame-se simplesmente Deixe-se fluir livremente pela dança da vida, caso contrário estar obstruindo seu progresso.

É chegada a hora de mudar. É chegada a hora de crescer. Sinta o amor que há em você, sinta o significado mais profundo do ser, sinta as experiências agradáveis e as dolorosas, porque são elas as lições da volta para casa, o caminho para Deus. Permita-se ser a luz que expande o universo.




(Denise Martins Garcia - http://aluisionestelar.ning.com/profile/DeniseGarcia).
*********************************************************************************

02/03/2011


EU SOU O QUE 'EU SOU'!

"Vem. Conversemos através da alma.
Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos. 
Sem exibir os dentes, sorri comigo, como um botão de rosa. 
Entendamos-nos pelos pensamentos, sem língua, sem lábios. 
Sem abrir a boca, contemo-nos todos os segredos do mundo, como faria o intelecto divino.
Fujamos dos incrédulos que só são capazes de entender se escutam palavras e veêm rostos. 
Ninguém fala para si mesmo em voz alta. Já que todos somos um, falemos desse outro modo.
Como podes dizer à tua mão : "toca", se todas as mãos são uma?
Vem, conversemos assim. 
Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma. 
Fechemos pois a boca e conversemos através da alma.
Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo.
Vem, se te interessas, posso mostrar-te" ... 

"Na verdade, somos uma só alma, tu e eu,
Nos mostramos e nos escondemos tu em mim, eu em ti,
Eis aqui o sentido profundo da minha relação contigo
Porque não existe, entre tu e eu, nem eu, nem tu..."

Rumi

MÚSICA

Greenpeace - Liga das Florestas

Ocorreu um erro neste gadget

ASTRÓLOGA - TARÓLOGA - TERAPEUTA FLORAL

ASTRÓLOGA - TARÓLOGA - TERAPEUTA FLORAL
valeska_terapeuta@hotmail.com

Follow by Email

AGENDAR CONSULTA COM ORÁCULOS

AGENDAR CONSULTA COM ORÁCULOS
MSN - valeska_terapeuta@hotmail.com - SKYPE - valeska.terapeuta

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...